Postagens

Mostrando postagens de 2017

Homeschooling no Brasil

Imagem
Por Erick Ferreira 

        H omeschooling (ensino doméstico ou educação domiciliar) foi a modalidade educacional que esteve por trás da formação intelectual de figuras “pouco” aclamadas no mundo científico, literário e político como: Albert Einstein, George Washington, C. S Lewis, Jane Austen, Mark Twain, Isaac Newton, Walt Whitmann, Mozart, Alexander Graham Bell, Robert Louis Stevenson, Bernard Shaw, Winston Churchill, Charles Chaplin, Agatha Christie, Thomas Alva Edson, Marco Aurélio, Leonardo Da Vinci, Claude Monet, Charles Dickens, Albert Schweitzer e a lista vai longe.

No entanto, no Brasil, além de ser desconhecida pela maioria, a prática chega a ser criminalizada em alguns casos. Provando a tese de que nosso sistema educacional é regido por uma política totalitária, onde o Estado outorga a si mesmo o direito de educar as crianças, legando a segundo plano o direito das famílias e da sociedade.
Na questão da precedência educacional, nossa constituição reconhece três entes principais…

Os medievais acreditavam que a terra era plana?

Imagem
Por Erick Ferreira



         A cena é épica: a catedral ornamentada com toda a pompa para a grandeza de um evento tipicamentemedieval: a sagração real. O bispo, e clero perfilados em seus postos, prontos a cumprir seu papel naquela insigne cerimônia. E em destaque, os símbolos daquele ritual: a coroa, o cetro e o globus cruciger, uma esfera representando o globo terrestre. Eram estes os símbolos que se exibiam nas cerimonias de sagração real nos tempos medievais. Mas por que os medievais utilizavam um globo para representar a terra, já que, segundo nossos professores, os medievais acreditavam que a terra era plana?


O globus cruciger era um dos símbolos mais famosos na Idade Média; ele estava presente em inúmeras cerimônias, esculturas e pinturas medievais; simbolizava o poder dos monarcas, e também, eraum símbolo cristão de autoridade temporal.


Era usado desde os tempos do Império Bizantino; e no Império Romano, há notícias de uma grande escultura de Zeus segurando um globo terrestre, de…

A falácia dos povos ateus

Imagem
Por Erick Ferreira




Nunca, em nenhuma sociedade humana, desde que os homens se tornaram criaturas racionais, vieram, ou teriam vividos, sem religião
Leo Tolstoy, What is religion


Lançai um olhar por toda a superfície da terra, e podereis achar cidades sem trincheiras, sem letras, sem magistrados, povos sem habitações, sem uso de dinheiro, mas um povo sem Deus, sem orações, sem ritos religiosos, sem sacrifícios, nunca se viu
Plutarco









****



Há duas disposições que são próprias do gênero humano: o senso de beleza e a disposição para a religião. Ambas se verificam facilmente por toda parte. Vamos tratar primeiro desta última: a predisposição religiosa do homem, algo que o separa radicalmente dos seres irracionais.
Toda a terra está repleta das experiências religiosas do homem, de modo que há tempos se constatou que todos os povos sempre foram religiosos, demonstrando assim que a existência de Deus e a sua busca é uma necessidade sentida por todos os homens em todas as épocas. Até mesmo os poucos…

As inconveniências morais do liberalismo

Princípios liberais são: a absoluta soberania do individuo com inteira independência de Deus e da sua autoridade; soberania da sociedade com absoluta independência do que não provenha dela mesma; soberania nacional, isto é, o direito do povo para legislar e governar-se com absoluta independência de todo o critério que não seja o da sua própria vontade. D. Félix Sardá y Salvany [1]


 ***

   Friedrich von Hayek seguindo a tradição clássica liberal, apresenta a liberdade como a “independência da vontade arbitrária de outrem” [2]. Obviamente, esta definição é muito vaga para definir um conceito tão complexo e explorado por tantas doutrinas diferentes como é o conceito de liberdade, entretanto, este parece ser o conceito mais evocado entre os pensadores liberais. Mas antes de fazer desta liberdade o suprassumo da existência, é necessário compreender o que ela significa na prática. Tal tarefa nunca foi tão simples, de modo que na língua inglesa, (língua materna do liberalismo) existem dois termo…

O anticristo na descrição do venerável Fulton Sheen

Imagem
Por Fulton J. Sheen I Tradução e Notas: Erick Ferreira


“Estamos vivendo nos dias do Apocalipse – os últimos dias de nossa era... As duas grandes forças do Corpo Místico de Cristo e do Corpo Místico do Anticristo estão começando a traçar as linhas da batalha para uma disputa catastrófica. 

O Falso Profeta terá uma religião sem cruz. Uma religião sem um mundo por vir. Uma religião para destruir as religiões. Haverá uma igreja falsificada. A Igreja de Cristo será uma só, mas o Falso Profeta criará a outra. A falsa igreja será mundana, ecumênica e global. Será uma federação dispersa de igrejas e religiões formando algum tipo de associação global, – o parlamento mundial de igrejas. Será esvaziado de todo conteúdo divino e será o corpo místico do Anticristo.

O corpo místico na Terra hoje terá seu Judas Iscariotes e ele será o falso profeta. Satanás o recrutará entre os nossos bispos. 

O Anticristo não será assim chamado; caso contrário, ele não teria seguidores. Ele não usará calças vermelhas, …

A morte da masculinidade: para onde foram todos os homens?

Imagem
Por John Stonestreet Tradução e notas: Erick Ferreira 




               Para onde foram os homens? Muitas pessoas estão fazendo esta pergunta e procurando respostas nos lugares errados. Estaremos no meio de uma crise da masculinidade? Dois escritores cristãos oferecem respostas muito diferentes a esta questão. Em recente artigo, David French no National Review lamenta uma nova estatística que mostra que os jovens de hoje são, fisicamente, a geração mais fraca registrada na história. “Se você é um ‘tipo comum de nosso século’1, escreve ele, ‘seu pai, provavelmente, é mais forte do que você’. Na verdade, você não pode ser mais forte nem do que a ‘mulher típica deste século’. A própria ideia de trabalho pesado é estranha a você, e digamos que que você fosse convidado a ajudar naconstrução de uma cabana, a tarefa seria tão exaustiva para você, a ponto de esgotá-lo. Seja bem-vindo a nova realidade pós-masculinidade!”. Chandler Epp respondeu a French em uma coluna de convidados no Religions News …